terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Lendas de Vida da Ponte (2)


Lenda do Penedo da Caldeira

O Penedo da Caldeira, situado entre Vila da Ponte e Friães, tem uma cova que guarda a água das chuvas.
Por isso se chama de “Caldeira“.

Diz-se que, muitas vezes, aparecia lá, na Caldeira, uma rapariga muito linda, com longos cabelos de ouro que a cobriam até aos joelhos.

Daí para baixo, a rapariga estava sempre metida dentro da água na Cova do Penedo.

Um dia um pastor que por ali passava viu-a...apaixonou-se e logo tratou com ela a maneira de desencantar a linda Moira.

Mas teria de ser na noite de São João.

Contudo, quando à luz do luar claro dessa noite o pastor viu que a Moira era metade mulher e metade cobra, fugiu sem nunca mais voltar.
Ainda agora, à meia noite das noites de luar, se ouvem por lá gritos de aflição e desespero...

É a Moira a chorar porque o pastor lhe dobrou o encanto...

Lenda contada por Domingos Mouta, 1968 (Vila da Ponte)

Recolhida pelo Arqueólogo/Inspector José Dias Baptista

1 comentário:

Luís Machado disse...

Sou a favor de dar valor aquilo que de bom tem o nosso país que neste caso são as paisagens!
Visite o meu blog luisoteumundo.blogspot.com

Ass: Luís